8 fatores que atrapalham sono, de acordo com a ciência

Imagem 8 fatores que atrapalham sono, de acordo com a ciência

Alimentação

Alimentos com cafeína (como café, chás e chocolates), itens muito açucarados, bebidas alcoólicas, carne vermelha e outros preparos gordurosos são um prato cheio para o sono de má qualidade. Não é preciso deixar de consumi-los, claro! No entanto, reduza sua quantidade e evite-os muito perto da hora de dormir

Excesso de telas

É uma recomendação geral de higiene do sono deixar de lado o celular --e outros estímulos como ele -- antes de dormir. Isso está diretamente ligado à luz e à produção de melatonina: esse hormônio leva à indução de sono, e quando somos expostos a luminosidade isso pode atrapalhar na sua produção.

Problemas no trabalho

Uma pesquisa publicada no periódico Journal of Occupational Health Psychology mostrou que abuso verbal e outras experiências negativas no ambiente de trabalho podem causar insônia ou fazer você acordar múltiplas vezes durante a noite, o que reduz a qualidade do sono. Mas dá para resolver o problema de forma simples: realizar alguma atividade divertida e relaxante após o expediente pode reverter.

Ansiedade

Ansiedade e insônia são amigas de longa data: quando você está com insônia, fica lá deitado na cama pensando como o seu tempo de sono diminuiu, como precisava estar sem olheiras, o que fará para aguentar o dia seguinte... E, assim, a ansiedade pode tomar conta da sua cabeça. Além disso, quando estamos ansiosos, imaginando tudo que pode dar errado no mundo, aceleramos o cérebro e afastamos o sono.

Depressão

A depressão está muito ligada à alterações no sono, tanto dormir demais, como "de menos". E em um estudo de 2018 publicado no ama Psychiatry cientistas descobriram o mecanismo ligado a isso: há uma forte conexão entre a parte do cérebro responsável pela memória de curto prazo), a região ligada a ideias sobre o ?eu? e o córtex orbitofrontal lateral (que está ligado a emoções negativas).

Xixi noturno (Nictúria)

O hábito de levantar-se muitas vezes a noite para fazer xixi pode atrapalhar a noite e tem diversas causas: desde excesso de líquidos antes de dormir, até problemas como insuficiência cardíaca, diabetes ou infecção urinária. Se isso está acontecendo com você, procure um urologista.

Genética

Um estudo realizado em abril deste ano, publicado na revista Nature Communications mostrou 47 ligações entre o código genético e a qualidade e a quantidade de sono. O gene PDE11A, por exemplo, afeta não apenas quanto tempo você dorme, mas também sua qualidade de sono.

Idade

Muitas pessoas relacionam o passar da idade a um sono mais difícil. Um estudo de março de 2018, publicado na revista Neurobiology of Aging mostrou que o envelhecimento prejudica a capacidade do relógio circadiano em mamíferos de se reposicionar quando exposto à luz, resultando na interrupção dos padrões de sono.

Fonte: Uol - Viva Bem