Comer chocolate em excesso causa zumbido no ouvido e tontura?

Ele é um dos doces mais amados pelos brasileiros, mas em excesso pode trazer problemas para saúde que vão além de uns quilinhos a mais. De acordo com alguns estudos, o chocolate contém duas substâncias que também podem afetar o ouvido diretamente: a cafeína e o açúcar.

De acordo com Tanit Ganz Sanches, doutora em otorrinolaringologia pela USP, fundadora e diretora do Instituto Ganz Sanchez e criadora da Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido, em excesso, a cafeína e o açúcar podem causar zumbido no ouvido, tontura, sensação de ouvido tampado e, mais raramente, uma perda de audição para sons graves.

Claro que outros alimentos que contém essas substâncias como café, refrigerante, chá preto e mate, chimarrão, e outros tipos de doces, se consumidos em grandes quantidades, também têm o mesmo efeito. O problema é que com a Páscoa o consumo de chocolate aumenta muito no Brasil.

Efeitos da cafeína e do açúcar no ouvido

Geralmente, o zumbido representa um ritmo acelerado de funcionamento no ouvido como tentativa de compensação de uma agressão, segundo Sanches. “O ouvido passa a trabalhar num ritmo acelerado para compensar algum problema e essa informação é levada ao cérebro, onde é interpretada como um som. “O zumbido é a sensação de ouvir som de apito, chiado, cigarra, sirene, motor ou panela, principalmente nos momentos de silêncio, como a hora de dormir”, explica a especialista.

Como a cafeína é um estimulante do sistema nervoso central e o ouvido desemboca nesse sistema, essa substância aumenta a chance de o zumbido aparecer ou piorar. “Os ouvidos mais vulneráveis têm mais tendência de sofrer do zumbido temporário ou permanente”, diz Sanches. Um estudo realizado por pesquisadores da Unifesp em 2014 inclusive mostrou que reduzir o consumo diário de cafeína pode diminuiu os casos de zumbido em pacientes.

Com o açúcar, a relação está no pico de insulina. Em alguns organismos, quando o açúcar (glicemia) aumenta no sangue depois da ingestão de doces, o pâncreas passa a produzir mais insulina do que o necessário para minimizar a quantidade de açúcar presente. Essa insulina em excesso é a grande vilã do ouvido, pois provoca uma bagunça na bioquímica (as quantidades de sódio, potássio e cálcio) do ouvido interno e atrapalha o seu funcionamento normal”, explica a otorrinolaringologista. Um estudo realizado em animais por pesquisadores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 2012 mostrou que o hiperinsulinismo compromete a audição.

Zumbido depende da dose e da vulnerabilidade

Sentir os efeitos do chocolate no ouvido vai depender da vulnerabilidade dos ouvidos de cada um e, obviamente, da quantidade ingerida. A princípio, 250 mg por dia de café (cerca de três xícaras) é aceitável. Quanto ao chocolate, o ideal é optar por aqueles com mais de 70% de cacau, porque têm menos açúcar, mas não necessariamente cafeína.

Se você estiver entre esse grupo de pessoas com o ouvido mais sensível, após 1 hora da ingestão em excesso da cafeína e do açúcar já é possível sentir o zumbido. Nesse caso, é importante tentar fazer essa relação com a alimentação e pisar no freio do consumo e restringi-lo por até 20 dias para ver o quanto o ouvido recupera a lesão total. “Geralmente o ouvido se recupera totalmente em até 30 dias”, diz Sanches. Mas é bom ir ao médico para verificar a causa correta do problema.

Fonte: Uol Notícias