Ao redor do nariz existem pequenas cavidades (seios paranasais) que se comunicam com a cavidade nasal através de pequenos orifícios e canais. Estas cavidades são revestidas por mucosa que produzem secreções naturais para umidificação e proteção do nariz.

A sinusite é a inflamação destas mucosas de revestimento, que pode ocasionar um aumento da secreção e obstrução das vias de drenagem, com consequente surgimento dos sintomas.

A localização dos sintomas dependerá do seio acometido, sendo que os principais sintomas são:

  1. Dor / pressão facial;
  2. Obstrução nasal;
  3. Perda do olfato;
  4. Secreção nasal purulenta;
  5. Tosse;
  6. Dor em maxilar;
  7. Mal estar persistente;
  8. Pigarro.

A sinusite pode ser desencadeada por uma gripe, resfriado, crise alérgica ou contato com produtos químicos e, nestes casos, pode ter resolução espontânea com utilização de analgésicos e descongestionantes. Já em outras situações, a presença de secreção purulenta persistente, devido a pólipos nasais, desvio do septo e / ou alterações nas vias de drenagem, é necessário o uso de antibióticos e, em alguns casos, procedimento cirúrgico para correção dos fatores predisponentes.

Você pode se interessar por: