O cerume (cera de ouvido) é uma secreção oleosa proveniente das glândulas sebáceas situadas no próprio canal auditivo externo.

A cera cobre e lubrifica todo o conduto, desta forma impede o contato direto com microrganismos e água, fornecendo proteção à infecções.

Existem pessoas que produzem o cerume em maior quantidade e devem realizar limpeza periódica com um médico especialista.

O cerume pode provocar dor, diminuição da audição, tontura e predisposição a infecções caso ocorra retenção ou represamento de água próximo ao tímpano.

O uso de cotonete não é recomendado pois além de impactar o cerume pode gerar traumatismos no conduto auditivo ou no próprio tímpano e propiciar o surgimento de infecções. Para a limpeza do conduto e a sensação de ouvido seco após o banho basta pressionar um pano fino (camiseta de algodão) com o próprio dedo e mantê-lo movimentando por alguns segundos.

Você pode se interessar por: