Os nódulos resultam de trauma vocal contínuo sobre a mucosa das pregas vocais, decorrente, principalmente, do abuso ou uso incorreto da voz. Infecções de vias aéreas superiores, crises alérgicas repetidas e refluxo gastroesofágico também estão associados à formação de nódulos.

O tratamento, inicialmente consiste em identificar e corrigir fatores predisponentes, repouso vocal e fonoterapia e, em casos refratários, pode haver a necessidade de microcirurgia de laringe.

Os pólipos são lesões traumáticas das cordas vocais e podem surgir após trauma vocal intenso e agudo, como grito ou demanda vocal episódica e intensa. Também está relacionado a refluxo gastroesofágico e intubação orotraqueal.

O tratamento do pólipo vocal é essencialmente cirúrgico.

Existem diversas outras alterações que podem surgir na corda vocal, dentre as quais: Edema de Reinke, cistos, granulomas, papilomatose, vasculodisgenesias, sulco bolsa, estrias maiores e menores, ponte mucosa, fendas e outras, que são alterações benignas e devem ser diagnosticadas e tratadas para melhora vocal.

Você pode se interessar por: